Google+

Uma história inspiradora para empreendedores

 Uma história inspiradora sobre empreendedorismo

 Em um certo ponto, ignorar os pessimistas e apenas agir. Isso é o que Sir Branson fez - aos 15 anos.

Richard Branson: "Dane-se. Vou fazer isso e pronto."

Muito antes de Richard Branson lançar uma gravadora, uma empresa de telefonia móvel, uma companhia aérea, ou qualquer um dos seus 400 restantes ou tantas outras empresas que ele criou, ele abandonou a escola para iniciar uma revista. Felizmente para Branson, ele tinha um pai compreensivo.

Como um monte de empresários, eu não tinha interesse em ser um homem de negócios. Eu era jovem e a Guerra do Vietnã estava no auge, uma guerra que eu achava que nunca deveria ter começado.

Muitos de nós jovens sentíamos que ela deveria acabar, e rápido. Eu pensei que talvez, dando-nos uma voz, eu poderia ajudar a parar a guerra. Então eu decidi lançar uma revista para jovens chamada Student .

Claro, eu não tinha dinheiro. Então, eu trabalhei depois da escola, vendendo publicidade para a Coca-Cola e Pepsi e para o National Westminster Bank também. Eu não tinha ideia do que estava fazendo, mas de alguma forma o meu entusiasmo conseguiu arrecadar $ 6.000 com a venda de publicidade, o suficiente para imprimir 50 mil cópias.

Eu escrevi ao diretor da minha escola uma carta que dizia: "Eu estou fora! Mas muito obrigado", e eu saí da escola para lançar a revista.

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Topo