Google+

Programe ou seja programado - [+]

 

Por exemplo, para ligar um botão vermelho, não devemos ter que escrever um código. Devemos apenas focar no botão e selecionar a cor vermelha. Em vez de falar sobre os conceitos que o computador entende (como variáveis e servidores), ferramentas de programação devem falar sobre coisas que o programador se preocupa como uma imagem ou um plano de fundo.

Isso pode mudar tudo na maneira como vivemos.

Com a programação mais acessível, agricultores poderiam programar robôs para cuidar de forma inteligente de culturas com base nas condições locais do solo;

Professores poderiam construir softwares com base no que aconteceu no dia anterior na sala de aula;

Chefs poderiam configurar sistemas para comprar peixe fresco do mercado local em tempo real, como se estivessem lá pessoalmente.

No entanto, isso não vai acontecer se os agricultores, professores ou chefs tiverem que aprender o código para fazê-lo, porque essa não é sua especialidade.

Em vez disso, as ferramentas de programação devem ser capazes de falar como um chef, a um chef. Ferramentas de software devem ser criadas por seus usuários, porque seus usuários conhecem suas necessidades melhor do que ninguém.

Um engenheiro de software nunca vai saber cozinhar, tão bem como um chef. Ensinar as pessoas como codificar para transformá-los em programadores não é a solução.

Revolucionar a programação é uma das oportunidades mais incríveis do nosso tempo.

Não há um campo onde os computadores não tiveram um grande impacto ainda, e isso é só o começo. Isso é fantástico, pois permite fazer mais com menos.

Mas como chegar lá? Existem duas maneiras. Uma maneira é contar com engenheiros para construir os produtos que irão transformar todo o resto.

Fe fato isso já começou, e é de certa forma preocupante, porque engenheiros de software poderiam ser como uma classe de elite que dominaria nosso mundo e as principais empresas de tecnologia poderiam controlar a forma como vivemos.

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Topo