Google+

Google pretende mostrar botão "Comprar" nos resultados de pesquisa

Google pretente mostrar botão

De acordo com uma reportagem do Wall Street Journal, o Google estaria pensando seriamente em adicionar botões´COMPRAR´ ao lado dos resultados de busca orgânicos, e isso pode acontecer nas próximas semanas.

O recurso seria muito semelhante aos botões mostrados ao lado dos resultados de pesquisa do Adwords para dispositivos mobile, e deve começar a ser implando em um número reduzido de resulatados inicialmente.

Ao clicar no botão comprar mostrado nos resultados os compradores serão redirecionados para uma página de produtos do próprio Google, onde poderão escolher o método de envio, por exemplo, antes de comcluir a compra. Atualmente os usuários que clicam no botão comprar são direcionados para as páginas dos varegistas, o que nem sempre é um experiância muito agradável dependendo do quão amigável seja a interface de chek-out da loja em questão.

Por enquanto os produtos ainda serão vendidos diretamente pelas lojas e não pelo Google que também não estaria pensando, pelo menos não neste momento, em receber uma comissão pelas vendas...

Porém, adicionar este novo recurso aos resultados de pesquisa é muito mais significativo para a empresa do que poderia parecer a primeira vista, afinal o Google continua sendo o número um em tráfego e o motor de buscas mais utilizado do mundo e esta é uma combinação muito poderosa, dado que ele já é extremamente importante para o varejo online justamente pelos resultados pagos que apresenta no topo das páginas de pesquisa.

Um botão de compra tornaria muito mais fácil para os usuários comprarem diretamente dos resultados de pesquisa, permitindo uma experiência de compra mais consistente reduzindo o número de cliques desnecessários para fazer uma transação.

O recurso também ajuda a melhorar a posição do Google como uma força de e-commerce global contra empresas como a Amazon, com seus mais de 270 milhões de compradores a cada mês, e o eBay, que relata ter mais de 157 milhões de usuários.

O Google sem dúvida, gostaria de chegar a um ponto em que a sua própria experiência de compra fosse tão simples e de baixo atrito que muitos usuários prefeririam fazer suas compras direito nos resultados de busca do Google em vez de ir para outro lugar.

Nos últimos anos, o gigante da tecnologia tem avançado lentamente em direção ao setor de e-commerce, agilizando resultados de busca pagos, e lançando o seu serviço de entrega no mesmo dia, o Google Shopping Express, que continua limitado a algumas cidades americanas como Manhattan, Chicago, Boston, Washington DC e San Francisco.

A pergunta que fica no ar é: Estaríamos testemunhando o surgimento do maior marketplace do planeta? O quê você acha? Deixe sua opinião nos comentários.

 

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Topo