Google+

Porque algumas pessoas pagam mais caro que outras em compras pela internet

Por que algumas pessoas pagam mais caro que outras quando em compras online

Algumas pessoas podem pagar mais do que outras quando fazem compras on-line com base em seu histórico de navegação ou o tipo de smartphone usam, de acordo com um estudo que analisou a 'orientação de preços' em sites de comércio eletrônico no Estados Unidos.

Tem uma loja virtual e precisa fazer segmentação de público? CLIQUE AQUI.

Em abril e maio deste ano, pesquisadores da Universidade NorthEastern, em Boston estudaram os resultados de uma pesquisa feita com 300 pessoas que visitaram 16 varejistas online além de sites de agências de viagens. Em nove desses sites, eles descobriram que os clientes encontraram preços ou resultados diferentes para as mesmas pesquisas.

Os pesquisadores disseram que essas diferenças - que eles chamam de "discriminação de preços" ou "preço direcionado" - baseiam-se em dados coletados sobre os consumidores e pode ser muito difícil para os compradores detectarem.

"Como usuário, é quase impossível saber se os preços que estão sendo mostrados foram alteradas, ou se produtos mais baratos foram escondidos dos resultados da pesquisa," segundo Christo Wilson, um dos pesquisadores.

Por exemplo, o estudo mostrou que uma determinada empresa de viagens mostra hotéis mais caros para alguns usuários com base no histórico de navegação armazenados em seus computadores, que são chamados de "cookies", embora os pesquisadores não puderam determinar exatamente que tipo de atividade de navegação desencadeou os preços mais elevados.

Em cerca de 5% dos resultados de pesquisa, outra agência de viagens, exibiu quartos de hotel com valores de $15 mais caros se o cliente estivesse usando um iPhone ou iPad enquanto navegava, segundo o estudo.

Escolha ideal para quem está começando um novo negócio.

A Home Depot exibiu resultados com produtos mais caros para usuários de smartphones do que aqueles mostrados para os consumidores que usaram desktops, sugerindo que a varejista está "efetivamente direcionando
os usuários em dispositivos móveis para produtos mais caros", disseram os pesquisadores.

O estudo é a mais recente tentativa de lançar luz sobre os métodos 'obscuros' que muitos sites de comércio eletrônico nos EUA, usam para mostrar aos consumidores ofertas diferentes. A estratégia baseia-se em dados de navegação dos usuários e é uma forma de impulsionar o faturamento das empresas.

Em 2012, o Wall Street Journal descobriu que uma loja de móveis estava exibindo preços diferentes com base na localização de usuários de Mac e PC depois de saber que os usuários de Mac mostravam uma certa tendência em gastar mais. Em comunicado a loja disse aos pesquisadores que interromperam a prática que chamaram de "experiência".

Os pesquisadores da NorthEastern disseram que é difícil dizer como se pode obter preços mais baixos em compras online, porque cada site usa métodos diferentes para a exibição de resultados de pesquisa e eles podem mudar ao longo do tempo.

Mas eles sugeriram que uma boa maneira de evitar o direcionamento de preços é pesquisar produtos em um navegador de desktop, de forma anônima e em um dispositivo móvel.

 

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Topo