Google+

Porque o site da minha empresa não aparece no Google?

Porque o site da minha empresa não aparece no Google

O aumento da concorrência por palavras-chave no Google elevou os preços dos anúncios do sistema Adsense e os tornou quase inacessíveis para as pequenas empresas.

A solução para este novo cenário é investir em marketing de conteúdo, porém o processo de geração de informação relevante requer amplo conhecimento da maneira como os consumidores buscam esta informação na rede.

De agora em diante será cada vez mais difícil pequenas empresas fazerem a prospecção de novos clientes através da internet se não contarem com uma assessoria especializada no desenvolvimento de ações em mídias sociais e otimização das ferramentas e plataformas de redes sociais, além de sites e blogs corporativos. A ´máxima´ que diz que o conteúdo é rei na internet nunca esteve tão em evidência.

Um movimento estratégico

Neste novo cenário, ou você produz informação extremamente relevante para um público cada vez mais segmentado, ou sua marca simplesmente deixará de disputar mercado com seus concorrentes no meio digital. E o que precisa ser equacionado é, que abrir mão de utilizar a internet hoje é sem dúvida alguma cometer um erro estratégico para qualquer empresa, seja de pequeno, médio ou grande porte.

Acompanhe os novos tempos

Os empreendedores no Brasil precisam se voltar com mais ênfase para questões envolvendo novas tecnologias que determinam novos comportamentos dos consumidores. Foi-se o tempo em que um site estático, aquele onde somente o programador podia mexer, era o bastante para entrar em contato com seu cliente.

Pense na sua empresa como uma marca e construa um ativo

Entramos em uma nova era da comunicação e do marketing, onde as ações das marcas precisam ser muito mais abrangentes, pensadas e estruturadas e não apenas focadas nos produtos que querem vender, mas principalmente nos desejos e sentimentos dos consumidores, na experiência que estes terão ao experimentar tais produtos.

Procure focar nos objetivos dos clientes e não no seu produto

Para isso precisamos entender que pessoas não compram produtos, pessoas compram os benefícios que eles proporcionam e a internet entra nesse meio como uma ferramenta muito eficiente para mensurarmos a aceitação de nossa marca e produtos junto ao mercado onde atuamos, e com esses dados em mãos poderemos então fazer os justes necessários.

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Topo