Google+

Como transformar seus funcionários em fãs

Como transformar seus funcionários em fãs

É bom ter pessoas que gostam de seus empregos e é ainda melhor quando elas são fãs da empresa onde trabalham. 

CEOs querem as melhores pessoas em suas equipes, e não que elas sejam apenas boas no que fazem, mas que também sejam defensores da empresa, verdadeiros fãs.

Mas então, é possível ter funcionários que sejam fãs da marca para a qual trabalham? Ser um fã de esportes significa mais do que apenas gostar de um determinado clube. Ser um fã no trabalho significa mais do que apenas gostar de seu trabalho. É quando o esporte começa a se tornar sua identidade.

Acredite na missão da sua empresa.
Se você não demonstrar e constantemente reforçar a missão da empresa, você simplesmente não poderá motivar pessoas a fazerem parte de sua equipe. Você precisa chegar ao extremo na hora de demonstrar todo o seu compromisso com a empresa. Sua paixão e dedicação vai contagiar e inspirar grande parte da equipe a trabalhar ´pela causa´ e não apenas pelo salário.

Seja transparente.
Manter a transparência em todas as áreas da vida é de longe a melhor estratégia. Todos devem saber o que está acontecendo e como a sua participação poderá impactar o negócio. Quando as pessoas vêem o impacto positivo nos resultados da empresa, seu compromisso ficará ainda mais forte.

Relacionado: 7 Razões para seus funcionários odiarem você

Faça todos os membros da equipe sentirem como se fossem donos do negócio.
Seu maior objetivo enquanto CEO é fazer com que todos os funcionários sintam-se como fundadores da empresa e entendam que você confia neles incondicionalmente. Esta sensação de segurança resulta em coragem na hora de assumir riscos e ousar ser inovador sem medo dos reveses momentâneos.

Remova todas as barreiras.
Procure contratar gente que realmente seja boa no que se propõe a fazer, depois disso sua única preocupação dever ser a de remover qualquer obstáculo que impeça essas pessoas de produzirem o que sabem e podem produzir.

Pode ser surpreendente ver o que acontece quando alguém comprometido e competente é deixado livre para focar no que realmente sabe produzir. Na sequência o que você como CEO terá que fazer é deixar claro que o sucesso de todos depende do sucesso individual de cada um. Então você terá mais do que um bom time, você terá fãs ardorosos defendendo sua marca.

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Topo