Google+

Como gerar negócios no LinkedIn

agência de sites

Gostaria de ver o LinkedIn trabalhando para você? Você quer gerar mais negócios a partir LinkedIn? Quando usado corretamente, o LinkedIn pode ser uma mina de ouro para o seu negócio. 

Aqui estão cinco passos para melhorar seus esforços para gerar mais negócios a partir LinkedIn. Como empresa, a base de seu sucesso no LinkedIn começa com a otimização de seu perfil. Você sabe se o seu perfil está aparecendo nos resultados de busca?  Se não estiver, você pode estar perdendo oportunidades valiosas de prospecção de clientes.

E depois de ter assegurado que seu perfil está aparecendo nos lugares certos, você deve fazer o que for preciso para atrair seus contatos para seu negócio. 

1: Vamos fazer com que seu perfil seja encontrado

Antes que você possa começar a gerar negócios no LinkedIn, você precisa otimizar seu perfil para que as pessoas possam encontrá-lo.

Se você não estiver aparecendo no topo dos resultados de busca quando clientes em potencial estiveram procurando o produto ou serviço que você oferece, eles não poderão se conectar a você. Embora isso possa parecer banal, muitas vezes é algo que as pessoas ignoram quando criar o seu perfil do LinkedIn.

Então o que é preciso para ser encontrado no LinkedIn?
Primeiro você precisa descobrir as palavras-chave que seus clientes ideais usam para procurar o que você tem a oferecer.

E como você decide quais palavras-chave seus clientes ideais estão usando?
Descobrir as palavras-chave para o seu perfil do LinkedIn é diferente do que as palavras que você usaria para o seu site. No Google, as pessoas costumam pesquisar digitando perguntas como:  "Como escrever um ótimo perfil no LinkedIn." No LinkedIn, as pessoas estão procurando uma pessoa e buscam por cargos ou profissões, como "perfis de escritores" ou "experts em LinkedIn."

Os proprietários do negócio, muitas vezes, usam as palavras "Proprietário" ou "fundador" no seu perfil.  Enquanto eu sou o dono e fundador da minha empresa, estas não são as palavras-chave que eu uso no meu perfil.  Eu uso palavras-chave como "expert em LinkedIn", "analista de mídias sociais", "consultor de mídia social" ou "profissional em mídias sociais", porque é isso que as pessoas procuram no LinkedIn.

Evite usar as palavras "Proprietário" ou "fundador" no seu perfil. Em vez disso, use palavras-chave que seus clientes ideais estão procurando. Este é um conceito chave para entender para que clientes em potencial possam encontrá-lo quando precisarem do que você tem a oferecer. Use as palavras que seus clientes usariam
para procurar você no LinkedIn.

2: Dê à seus prospects um motivo para se conectar com você

Aparecer nos resultados de pesquisa não o suficiente. Existem inúmeros outros perfis que aparecem também. Então, você der à seus clientes em potencial boas razões para clicar em você, porque eles são tão propensos
a clicar em qualquer outro perfil. Você deve ter um título atraente que chame a atenção e faz com que os prospects queiram clicar no seu perfil.

Seu título e imagem deve 'obrigar' as pessoas a clicar no seu perfil a partir dos resultados da pesquisa. Para fazer isso, você precisa ter uma declaração que chame a atenção com uma ou duas palavras-chave (para otimização de busca ). Se você é uma empresa que presta serviços em uma área local, você pode querer incluir a sua localização em sua manchete com as palavras-chave.

Uma boa chamada inclui uma declaração que desperta a atenção, uma ou duas palavras-chave e, possivelmente, a sua localização.

Seu título deve atrair a atenção das pessoas a partir dos resultados de busca e dizer-lhes o que devem fazer. É também muito importante ter uma imagem profissional para complementar seu título. Eu vejo muitas pessoas
sem imagem. Esta é uma bandeira vermelha dizendo que seu perfil pode ser um spammer ou alguém que não é totalmente legítimo.

Gostou desse artigo? Compartilhe!

Topo